Google+ Followers

Luan Santana - Cantada

terça-feira, 26 de maio de 2009

Jonathan

Tenho a esperança,
E ninguém a tomará de mim.
Não sou mais criança
E sei que a vida não é tão fácil assim.
Mas o que fazer?
Sou um morcego,
Descanso ao dia para a noite caçar o que comer.
O que dizer?
Sou um pássaro,
E vou todas as manhãs,
Paro ao entardecer e dos predadores vou me esconder.
Não me acho tão forte
Mas posso muito bem cuidar de mim mesmo.
Se me disserem que estou errado,
Então dizem o que é certo,
Mas não tente jamais corrigir meu erro.
São contos e lendas que constrói a minha vida
O futuro que me espere.
Quem sabe terei um dia!
São historias de amor que me deixam mais triste e com medo!
Mas como disse antes: Sou forte e isso não me destrói.
Tudo pra mim não basta!
Sendo que tudo que tenho...
Um incenso e uma vela acessa,
Óculos de grau, e um livro para ler e reler.
Tudo isso é meu, todo o tempo!
O que sinto não sei se é normal,
Às vezes fico confuso!
O livro me faz sentir bem,
Também, ele só tem a mim.
Apesar disso ele acredita no mesmo que acredito.
Quantas vezes eu tentei me comunicar!?!
Quantas vezes eu gostei de amar!?!
Se alguém ficou decepcionado comigo,
Com certeza foi por que errei em alguma coisa...
Se eu estava errado, não gostava de ser corrigido,
E se menti, cometi pecados...
Arrependido, eu? Estou sim!
Mas ainda não fui perdoado.
Sinto saudades dos meus amigos!
Parece loucura, mas sinto saudades!

A minha vida é um livro aberto
Que quando termino de ler, fecho,
Apago a vela, e tiro óculos.
Mais tarde irei reler:
“A Esperança É A Vontade De Viver.”

Gusto

segunda-feira, 11 de maio de 2009

É Só Um Caminho

Olhe o tudo e o nada
Preste atenção no que faz,
Não espalhe pra ninguém o que sabe sobre si mesmo.
Tu és grande e sábio sonhador,
Corajoso, vê a morte de frente,
Tu és forte, cheio de poder e enfrenta a dor.
Não siga outros passos,
Construa se próprio caminho,
Queiras o amor como ninguém jamais o quis
Mas nunca sofreres por ele.
Peça desculpas, sobretudo pelos seus erros,
Mas nunca peça o perdão, lembre-se que só o Pai perdoa.
Com o coração sinta-se feliz,
E a felicidade construirá tua vida.
Lembre-se de nunca virar as costas pra alguém,
Principalmente se esse alguém for um menor ou inferior a você,
Verás que não és mal visto por ninguém,
E irás viver feliz para sempre,
E todo o sempre!

Gusto

sexta-feira, 27 de março de 2009

Mas Sei Que Vivo

Pensei um dia em viver, sabendo que um dia irei morrer
Um dia irei morrer, sabendo que um dia pensei em viver
Pensei morrer um dia, sabendo que irei viver em um dia
Um dia sabendo que irei morrer, pensei viver em um dia

Mas no presente momento,
Sei o que penso,
Que um dia irei sabendo,
Vivo e continuo vivendo.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Simplesmente Por Ser Amor

Sublime amor,
Capaz de enfrentar a dor,
De esmaecer a flor,
De dar a cura sem pudor,
A paixão a invade,
Ponto de se decompor.

Sublime amor,
Na fuga se desertou,
Um suspiro forte e amargo deixou,
Gotas de água caíram num só primor,
Seguir avante o trovador,
Magnífico, grandioso
Grande amor, pequeno desamor

Sublime amor,
Desejar o bem de outrem
Meu amor, meu grande amor,
Simplesmente és sublime,
Simplesmente por ser amor.


Tati & Gusto

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Sem Pressa

Sonhos, vem e vão.
Eu vivo, e é o que interessa
Nunca tenho pressa naquilo que vou fazer
Ando com o tempo,
Quando o tempo ta bom
Sigo os passos das estrelas cadentes
Voando em uma só direção
E o meu coração
Em círculos anda ardente
Perdido,
E sem a menor perfeição

Glorioso dia resplandece
Folhas caem, flores crescem.
Maravilhosa noite sem dor
Por uma vez apenas me senti bem
Não que o mau me deixe mal,
Não que isso me aborrece,
É só diferente.

Sonhos, vem em vão.
O que interessa é viver
Isso que quero agora
Sem pressa, sem hora pra voltar.

Apenas digo o que sinto,
Se você quiser ler...
Tudo bem!!!
“Essa é a minha meta.”

Gusto


me.ta

Substantivo feminino.
1.Sinal que indica ou demarca o ponto final de corridas.

Portanto não sonhe em vão, tenha sempre uma meta a cumprir.